Game Office Network - Gonbrasil
Análises

Jogamos: Dungeon Souls

Você já imaginou o que aconteceria, se Dark Souls tivesse um filho com The Binding of Isaac? Bom, você não precisa mais imaginar coisas bizarras assim! Eu vos apresento Dungeon Souls. Um jogo indie, roguelike, desafiador que vai te prender horas na frente do computador, enquanto você morre repetidamente e volta no mesmo momento, para tentar novamente.

 

tumblr_nqjljflWJd1urgm39o1_r1_500 Seu objetivo no Dungeon Souls é atravessar pelos calabouços, e para isso você tem que ativar um número exigido de selos que estão espalhados pelo mapa, para que assim então, a porta para o próximo nível se abra.

No caminho você vai ter de enfrentar uma tonelada de inimigos, armadilhas, explorar o mapa para conseguir um dinheiro extra, comprar itens… mas não demore muito.

Existe um inimigo, chamado Redeemer, que apareça em algumas áreas após um certo tempo. Ele não é um inimigo necessário que você vai brigar, mas se você ainda não terminou o mapa, ele vai ser um grande problema.

Redeemer foi fortemente inspirado no Ghost do jogo Spelunky.

11147190_838978652888357_66969984305

 

Dungeon Souls contém seis classes (a imagem acima tem apenas 5, excluindo o necromancer). Cada classe tem suas abilidades únicas e estilo de jogo. Se você preferir um jogo mais agressivo, o bárbaro pode ser a melhor escolha. Se você prefere um jogo mais ágil, o ladino. Se você prefere soltar golpes de uma distancia segura feito um covarde, tente o arqueiro. Se você gosta de ver coisas piscando na sua tela, então o mago é a escolha certa para você. Todas classes vem com um ataque único básico e duas skills que você upa em cada nível, podendo aprimora-las.

11130106_838986542887568_49353540367

 

O sistema de itens é bem parecido com o sistema de itens em The Binding of Isaac, que, em caso você não tenha jogado, funciona basicamente assim: você pode obter itens de 3 jeitos. Comprando, com um vendedor especial pelo mapa, dropando de inimigos, mais normalmente de inimigos especiais e chefes e também em abrindo baús, que como em Isaac, a maioria precisa de chaves para serem abertos. Os itens são acumulados, dando efeitos para você, deixando o jogo mais divertido, mas se você morre, você perdeu todo seu progresso, assim como seus itens.

 

11150303_838982052888017_72391953953

Outra parte do jogo que eu achei muito parecida com The Binding of Isaac foram os inimigos. Não que o jogo tenha inimigos parecidos, mas seu comportamento é bem igual. Apesar de existir um spawn em Dungeon Souls aleatório como não existe em Isaac (cada área tem seus inimigos determinados, não vão continuar nascendo novos nela) eles se movem de forma parecida e existe um tipo de inimigo base com um buff parecido com os em Isaac. As vezes, inimigos normais aparecem de outra cor, eles costumam se comportarem diferente também, podendo ser mais ágeis, mais agressivos, e sempre mais fortes com uma vitalidade maior. Após mortos esses inimigos dropam itens, assim como os inimigos normais de outras cores em The Binding of Isaac.

 

 


tumblr_nqhcu9nuzd1urgm39o1_540Dungeon Souls
é um ótimo jogo, se você gostou de Binding of Isaac é totalmente indiespensável.  É um jogo com ótimo valor para ser jogado várias vezes, tentar novas estrategias, novos personagens, tentar conseguir itens novos e ver se isso melhora sua performance.

As batalhas de chefes acontecem a cada 3 níveis, e são tão difíceis quanto as fases, mas após eles serem derrotados você vai poder ter um tempo de descanso na sala de batalha antes de pular para outro nível, onde a ação nunca para.

 

 

Rian ''BlackDog''Duarte

Estudante de física, jogador casual e escritor com dislexia.

Comentários