Game Office Network - Gonbrasil
Análises

Jogamos: Agatha Knife

Você já ouviu falar na palavra do Carnivorismo?

Embarque no mundo da inocente -não tão inocente- Agatha Knife. Uma garotinha que é filha da açougueira da cidade e vive atrás do matadouro de sua mãe. Mas isso não é um problema para a pequena Agatha que sofre de insonia e passa seu tempo com os animais até a hora deles serem mortos… pela pequena Agatha mesmo.

Mas nem tudo vai bem para a família Knife conforme os clientes pararam de aparecer para comprarem carne e Agatha precisa fazer algo a respeito disso e aí que o jogo começa. Agatha descobre um pouco sobre como funcionam religiões e decide criar a sua própria com a ajuda de Sandro, uma religião para atrair mais pessoas a comprarem carne de sua mãe. Agatha então cria um Deus para sua religião ”Carnivorismo” e agora precisa achar alguns adeptos. A partir disso o resto da história é spoiler.

Agatha Knife é um jogo bem simples de point-and-click mas visualmente bem suave e agradável com uma movimentação e respostas rápidas, então se você tiver algum problema com jogos point-and-clicks, por favor dê uma chance a este jogo que foi desenvolvido e distribuído pelo pessoal do Mango Protocol.  O jogo se passa no mesmo mundo de MechaNika e se você jogou ele você vai se sentir bem familiarizado com a jogabilidade, personalidade do jogo e até personagens.

O jogo tem um humor bem escuro mas ele não se trabalha em nenhum visual sombrio forçado (algo que foi meu medo de inicio) que poderia deixar Agatha Knife muito genérico, mas o jogo trabalha bem com o seu lado humorado também e diálogos divertidos da jovem Agatha que deixa o jogo bem original, na mesma fórmula de MechaNika.

O jogo te da algumas escolhas para você ir fazendo mas é mais para completar as missões que você precisa fazer de qualquer jeito ou ter alguns diálogos a mais, já que nada que você escolhe falar de fato afetará você de uma forma que a escolha do jogador afetaria o mundo em sua volta, mas mesmo assim resolver pequenos puzzles ou simples posicionamentos de itens pelos locais te da uma sensação de estar jogando um jogo da Telltale Games e isso é bem legal para um jogo de produtora pequena.

Agatha Knife é um jogo bem divertido que sabe agradar com sua simplicidade e seu visual apesar de tudo. A história flui de uma maneira legal com o resto do jogo também apesar de suas ações e escolhas não trazerem consequências nenhuma, algo que seria bastante legal. Se você gostou de MechaNika, Agatha Knife é uma compra obrigatória. E prepare-se para um jogo com referência a cultura nerd em todos os cantos possíveis. Sério, é impossível não reparar em nenhuma.

 

The Review

70% Agatha Knife

PROS

  • Original
  • Bem humorado
  • Muitas, muitas referências!

CONS:

  • Bem simples
50%
Rian ''BlackDog''Duarte

Estudante de física, jogador casual e escritor com dislexia.

Comentários