Game Office Network - Gonbrasil
Artigos Notícias PC Steam

Sai Greenlight, entra Steam Direct

Uma grande mudança chega a era PC Gaming pros jogos Indie e estúdios pequenos-médio que pretendem lançar seus projetos dentro da plataforma mais acessada e utilizada atualmente. Na Terça-Feira passada (06/06/17), Valve acaba de anunciar o fechamento total do sistema Steam Greenlight através do seu pronunciamento no Steam Blog. Já que o anuncio é bem grandinho e muito mais importante para desenvolvedores de jogos, nós iremos resumir bem basicão o que isso significa para nós, consumidores e usuários Steam, essa mudança onde o Steam Greenlight será substituído semana que vem pelo novo “Steam Direct“.

A principal alteração será o modo que os jogos indie e entre outros serão adicionados a Loja Steam, ao invés por votação, agora uma equipe propria da Valve irá avaliar os projetos e o desenvolvedor coordenador da equipe terá que pagar uma ‘taxa’ inicial de 100$ (dólares) por cada projeto (diferente do Steam Greenlight, onde você só precisava pagar uma unica taxa para demais jogos)– o que é recuperável depois que o jogo em si faz uma renda de $1,000 na Loja.

Novos desenvolvedores que nunca chegaram a utilizar o Steam Greenlight, terão que esperar num prazo de 30 dias para a Valve avaliar também o projeto em si que será lançado na Loja, além de conhecer um pouco mais sobre o desenvolvedor e outras informações importantes para a Valve saber com quem eles estão fazendo negócios.

E o que acontecerá com os projetos que ainda estão no Greenlight? Bem, existem no total de 3,400 jogos que estão nesse processo de “Greenlit”; por isso, a Valve selecionará uma equipe especifica para avaliar cada um desses projetos que ainda não foram aceitos. Obvio que haverá alguns jogos que serão aceitos, outros não por votos insuficientes ou devido algumas denuncias de usuários em questão do jogo a ser votado.

Steam Direct será lançado dia 13 de Junho. Após essa data, Valve não aceitará nenhum outro jogo do Steam Greenlight, já que todos os votos foram encerrados.

Comentários